SEJA BEM VINDO!!

Você é muito especial e sua visita faz desse blog um espaço de alegria, de conhecimento e de troca de experiências, nos tornando uma mola propulsora que impulsiona pessoas ao crescimento no que tange ao corpo, alma e espírito.

Marcadores

O CASAMENTO DELE E O CASAMENTO DELA....

Ministração realizada para grupo de casais na Igreja Batista Nova Jerusalém em novembro de 2009 MATEUS 19:5 “...e serão uma só carne”. GN 2.24 GÊNESIS 1:31 ...” e viu Deus tudo quanto fizera, eis que era muito bom.” PODE A UNIÃO ENTRE HOMEM E MULHER FEITOS POR DEUS NÃO SER BOA?????????????? Índice de divórcio no EUA: Casados em 1890 10% se divorciaram - Casados em 1920 18% se divorciaram Casados em 1950 30% se divorciaram - Casados em 1970 50% se divorciaram A partir de 1990 a probabilidade de divorcios se aproxima de 67% (ou seja p/ cada 10 apenas 03 tem expectativa de se manter casados). As causas decorrentes são o declínio das pressões sociais que antes mantinha unidos o mais infeliz dos casais (a cobrança e o preconceito da sociedade em relação a homens e mulheres divorciados). E a redução da inteligência emocional... As forças emocionais do casal tornam-se crucial para o prosseguimento da união. O CASAMENTO DELE E O CASAMENTO DELA: INFANCIA DE CADA UM Terapeutas afirmam que quando um casal busca esse serviço estão no padrão de atração-retraimento. A mulher procura atrair atenção, o homem retrai-se. Ele reclama das exigências e explosões “irracionais” da mulher e ela reclama da indiferença dele ao que ela diz. Porque será? O que leva a isso? Porque há raízes paralelas: • Na infância um estudo sobre amizade revela que aos cinco anos cerca de 20% das crianças relaciona com um coleguinha do sexo oposto, aos 7 anos quase nenhum menino/menina tem um amigo do sexo oposto. Essa distancia fica até a faze adolescência/juventude – quando iniciam o namoro. • Nesse meio tempo meninos/meninas aprendem de forma MUITO diferente A LIDAR COM AS EMOÇÕES,. Os pais falam de sentimentos mais com as filhas, elas recebem mais informações sobre emoções do que meninos. Ao brincar as mães demonstram determinadas emoções p/ bebês meninas do que para o bebês meninos. Pois detalham mais sua próprias emoções/sentimentos com elas.... já com os meninos comentam mais sobre emoções como raiva numa perspectiva de alerta-los. • As meninas desenvolvem a fala mais cedo. Portanto aprendem a verbalizar sentimento e hábeis em substituir reações emocionais (brigas). • Na área afetiva o reflexo é o seguinte: até os 10 anos meninos e meninas são agressivos e chegados ao confronto aberto. Mas aos 13 acontece a mudança. As meninas ao contrário dos meninos se tornam mais capazes de planejar táticas ardilosas: isolar os outros/futricas/vingancinhas dissimuladas. Os meninos continuam em geral briguentos e ignoram as estratégias sutis. • Na fase adulta as meninas valorizam a cooperatividade (se uma colega machuca todas saem em seu socorro) • Na fase adulta os meninos valorizam a competição (se um colega machuca durante uma partida de futebol espera ele sair de campo e recomeça o jogo ) CONHECENDO UM POUCO AS CARACTERÍSTICAS HOMEM/MULHER AS MULHERES SÃO MAIS CAPAZES DE CAPTAR SINAIS EMOCIONAIS VERBAIS E NÃO VERBAIS E, PORTANTO EXPRESSA E COMUNICA SEUS SENTIMENTOS. OS HOMENS SÃO MAIS HÁBEIS EM MINIMIZAR EMOÇÕES QUE DEMONSTRE VULNERABILIDADE, CULPA, MEDO. AS MULHERES TANTO CAPTAM QUANTO DEMONSTRAM NA EXPRESSÃO FACIAL AS EMOÇÕES OS HOMENS NEM SEMPRE EXPRESSAM OU CAPTAM SINAIS DE EMOÇÕES FACIAL. A MULHER CHEGA, AO CASAMENTO, PREPARADA PARA EXERCER O PAPEL DE ADMINISTRADORA DAS EMOÇÕES. ENQUANTO QUE O HOMEM CHEGA NA RELAÇÃO SEM RECONHECER ESSA FERRAMENTA IMPORTANTISSIMA PARA MANTER O RELACIONAMENTO. . CONFORME RELATADO EM UM ESTUDO COM 264 CASAIS, O MAIS IMPORTANTE PARA AS MULHERES É A SENSAÇÃO DE UMA “BOA COMUNICAÇÃO”. O homem nem sempre vê as questões problemáticas da relação. Estudos falam que o homens tem uma visão mais COR DE ROSA, sobre a relação....Enquanto que a mulher é mais franca.... Para a mulher: Intimidade significa discutir TUDO. Mas a maioria dos homens não entendi o que elas querem deles e dizem: EU QUERO FAZER COISAS COM ELA, E ELA SÓ QUER FALAR. COMO CASAIS CRISTÃO CONSCIENTES DE QUE O QUE DEUS UNE NÃO SEPARA O HOMEM. PRECISAMOS NOS ADEQUAR ÀS CARACTERÍSTICAS CULTURAIS DE CADA UM. CONTAR COM A AJUDA DO SENHOR PARA NOS DAR SABEDORIA E AMOR. E RECONHECER A DEPENDÊNCIA UM DO OUTRO. POIS A RELAÇÃO DEPENDE DA ENTREGA. Cant. 2:1-17 ( a bíblia fala com franqueza sobre o assunto.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um blogueiro feliz, comente: